quinta-feira, 5 de julho de 2018

Você Sabia que pode tera informação que quiser da Prefeitura da sua Cidade? Não, pois fique sabendo como.

Para o exercício do controle social, é fundamental que o cidadão conheça seus direitos e também as leis que garantem o exercício da cidadania.
 A legislação brasileira prevê dispositivos que garantem ao cidadão o acesso às contas públicas e aos processos licitatórios.
Conheça e exercite seus direitos:
• As contas dos municípios devem ficar disponíveis para o contribuinte. (Constituição Federal, art. 31 § 3º)
• O cidadão tem direito a acessar informações públicas (Constituição Federal, art. 5.º, inciso XXXIII, e Lei de Acesso à Informação)
• A prefeitura deve incentivar a participação popular na discussão de planos e orçamentos. Suas contas devem ficar disponíveis para qualquer cidadão. (Lei de Responsabilidade Fiscal, art. 48 e 49)
• A prefeitura deve comunicar por escrito aos partidos políticos, sindicatos de trabalhadores e entidades empresariais com sede no município a chegada da verba federal em um prazo máximo de dois dias úteis. (Lei nº 9.452/97, art. 2º)
• Qualquer cidadão pode acompanhar o desenvolvimento da licitação. (Lei 8.666/93, art. 4º)
• Qualquer cidadão poderá requerer à administração pública os quantitativos das obras e preços unitários de determinada obra executada. (Lei 8.666/93, art. 7º § 8º)
• Qualquer cidadão poderá impugnar um edital de licitação por irregularidade, nos termos da lei. (Lei 8.666/93, art. 41º § 1º)
• O processo da licitação não é sigiloso. Seus atos e seus procedimentos são públicos e acessíveis a qualquer pessoa. A proposta é sigilosa, mas somente até a abertura. (Lei 8.666/93, art. 3º § 3º)
• Qualquer cidadão pode obter cópia autenticada do processo da licitação e do conteúdo dos contratos celebrados pela Administração Pública, bastando que efetue o pagamento dos emolumentos devidos (Lei 8.666/93, art. 63)
Fonte: CGU

quarta-feira, 4 de julho de 2018

Fábricas de Cultura contam com estúdios de gravação gratuitos.

É possível gravar músicas de todos os gêneros, além de outros tipos de apresentações sonoras; agendamento deve ser feito presencialmente.

Você sabia que as Fábricas de Cultura Brasilândia, Capão Redondo, Jaçanã, Jardim São Luís e Vila Nova Cachoeirinha oferecem aos seus frequentadores cinco estúdios de gravação? Os locais são abertos para a utilização do público gratuitamente e contam com dois técnicos responsáveis.
Nos estúdios, é possível gravar músicas de todos os gêneros, além de outros tipos de apresentações sonoras. Quem sonha em ser cantor ou tem uma banda, por exemplo, pode agendar um dos estúdios para fazer gravações. Quem precisa preparar um trabalho para a escola ou faculdade, também poderá montar uma apresentação com áudio, entre outras ideias que poderão ser sugeridas pelos frequentadores.
Para utilizar a estrutura é necessário agendamento prévio. A inscrição precisa ser feita presencialmente na Fábrica de Cultura escolhida. Outras informações sobre os estúdios podem ser obtidas pelo telefone de cada unidade.
Fábrica Brasilândia: (11) 3859-2300Av. Inajar de Souza, 7.001, São Paulo
Horário de funcionamento: de terça a sexta das 9h às 20h
Fábrica Capão Redondo: (11) 5822-5240Rua Algard, 82, São Paulo
Horário de funcionamento: de terça a sexta das 9h às 20h
Fábrica Jaçanã: (11) 2249-8010Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138, São Paulo
Horário de funcionamento: de terça a sexta das 9h às 20h
Fábrica Jardim São Luís: (11) 5510-5530Rua Antônio Ramos Rosa, 651, São Paulo
Horário de funcionamento: de terça a sexta das 9h às 20h
Fábrica Vila Nova Cachoeirinha: (11) 2233-9270Rua Franklin do Amaral, 1.575, São Paulo
Horário de funcionamento: de terça a sexta das 9h às 20h
Fábrica Vila Curuça (11) 2016-3316Rua Pedra Dourada, 65, São Paulo
Horário de funcionamento: de 3ª a 6ª feira das 09h às 17h
Fábrica Sapopemba (11) 2012-5803Rua Augustin Luberti, 300, São Paulo
Horário de funcionamento: de 3ª a 6ª feira das 09h às 17h
Fábrica Itaim Paulista (11) 2025-1991Rua Estudantes da China, nº 500, São Paulo
Horário de funcionamento: de terça a sexta das 9h às 17h
Fábrica Parque Belém (11) 2618-3447Av. Celso Garcia, nº 2.231 – Portaria 1, São Paulo
Horário de funcionamento: de terça a sexta das 9h às 17h
Fábrica Cidade Tiradentes (11) 2556-3624Rua Henriqueta Noguez Brieba, 281, São Paulo
Horário de funcionamento: de terça a sexta das 9h às 17h

 Fonte: Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo

Cursos Livres a Distância Gratuitos

Para quem quer se atualizar os cursos livres do CPS são online e gratuitos, e a maioria com emissão de certificado. Conheça: Mercado de Trabalho, Canvas, Gestão de Pessoas, Gestão de Tempo, Gestão de Conflitos, Vendas e Felicidade:

Manual de Reparo e Manutenção de Instrumentos Musicais de Sopro.

Manual de Reparo e Manutencao Online 19-6-18
Capa
A Fundação Nacional de Artes – Funarte disponibilizou neste Portal a esperada edição on-line do Manual de Reparo e Manutenção de Instrumentos Musicais de Sopro.
A obra de José Vieira Filho, considerada pelo Centro da Música da Funarte como fundamental no ensino da técnica à qual se refere, é destinada especialmente aos músicos de bandas de todo o Brasil.
O arquivo publicado é da 3ª edição ampliada, com revisão técnica de Marcelo Jardim. Foi lançado em 1991, com reedições em 1998 e 2015. Todas as versões impressas estão esgotadas. Agora a última edição edição está facilmente acessível para download, no link abaixo.
Entre os serviços da Coordenação de Bandas de Música da Funarte, a publicação é um dos mais solicitados. “Esta é mais uma iniciativa do Centro da Música da Funarte, para democratizar informações relevantes para os músicos de todo o Brasil”, diz Marcos Souza, diretor do Cemus. O manual é parte do Projeto Bandas de Música, desenvolvido pela instituição.
Mais informações sobre o Projeto Bandas de MúsicaFundação Nacional de Artes – Funarte
Centro da Música
Coordenação de Bandas de Música
coordenacaobandas@funarte.gov.br
Fonte: Funarte

Inscrições abertas para os Centros de Estudo de Línguas.

As novas turmas terão início no segundo semestre deste ano.

Estão abertas as inscrições para alunos que têm o desejo de aprender um novo idioma. As turmas dos Centros de Estudos de Línguas (CELs) terão início no segundo semestre deste ano.
São mais de 200 unidades em todo o Estado, que oferecem cursos gratuitos de inglês, espanhol, francês, italiano, alemão e japonês. A quantidade de vagas e idiomas oferecidos variam de acordo com o CEL.
Podem se inscrever alunos da rede estadual a partir do 7º ano do Ensino Fundamental, Ensino Médio ou Educação de Jovens e Adultos (EJA).
Os interessados devem procurar a Diretoria de Ensino de sua escola para verificar a disponibilidade de CEls, assim como a oferta de idiomas e vagas na região. Clique aqui.
Os estudantes devem comparecer à unidade acompanhados dos pais ou responsáveis para fazer a inscrição (no caso dos menores de 18 anos).
O curso de inglês tem duração de um ano e os demais três anos, ou seja, seis semestres. As aulas acontecem quatro vezes por semana, no contraturno das aulas do ensino regular.
O jovem Leonardo Souza Pinto, cursou no Centro de Línguas Plinio Negrão, e comemora os resultados obtidos com a língua alemã. “O Cel me ajudou bastante com a minha formação alemão básico. Por exemplo, eu cheguei aqui sem conhecimento nenhum de alemão! Então, com o conhecimento de várias línguas, nós podemos, inclusive, ir para outros países e assim conseguimos evoluir muito mais com um futuro bem melhor.
Em 2016, o jovem decidiu participar do FIT, avaliação realizada pelo Instituto Goethe e que dá aos classificados certificados em proficiência em Língua Alemã.  Na prova, Leonardo obteve o segundo lugar geral. “Com a nota máxima , ele conseguiu participar desse programa de imersão , onde eles ficam uma semana em outro Estado falando só alemão”, disse a docente Erica de Moraes Rego.
Metodologia
O plano de estudo dos CELs tem foco na conversação em situações do cotidiano e mercado de trabalho. “O Centro de Estudo de Línguas pode mudar a vida profissional de um aluno, mas a pessoal também. Possibilita maior entendimento de identidade cultural, de respeito. Tudo isso muda em nós, é um crescimento. O Centro de Línguas faz a diferença na formação do aluno”, fala Nathan Ventura, professor de Espanhol do CEL.
O rendimento é avaliado em provas escritas e orais em sala de aula. Além do certificado, as notas e a carga horária são incluídas no histórico escolar do estudante e podem ajudar para comprovação de proficiência.
“O aluno sai preparado em três anos. Nesse período, ele aprende a falar, escrever e ler”, explica a professora de Japonês do CEL, Edna Tanaka. Oferecer aulas de formação complementar é um forte aliado à formação profissional e cultural de cada um dos estudantes da Educação.
Fonte: Secretaria do Estado da Educação de São Paulo.

Inscrições abertas para o programa Jovens Embaixadores 2019.

Se você é aluno do ensino médio na rede pública e nunca viajou para os Estados Unidos, esta oportunidade é imperdível. Inscrições até 12/8.

As inscrições para o Programa Jovens Embaixadores 2019, intercâmbio estudantil de três semanas nos Estados Unidos, estão abertas e vão até o dia 12 de agosto.
Iniciativa de responsabilidade social da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, em parceria com organizações públicas e privadas, o Programa Jovens Embaixadores foi criado em 2002 e busca alunos brasileiros da rede pública que são exemplos em suas comunidades. Jovens lideranças com excelente desempenho acadêmico, uma atitude positiva, engajados como voluntários e com um bom conhecimento de inglês. O objetivo é fortalecer o ensino público por meio desses alunos, transformando-os em modelos para as suas comunidades.
Estudantes selecionados partem em janeiro de 2019. Durante a primeira semana, conhecem Washington D.C., a capital americana. Participam de reuniões com organizações dos setores público e privado, de oficinas sobre liderança e empreendedorismo juvenil, e visitam escolas e projetos sociais.
Na sequencia, são divididos em grupos menores e viajam para diferentes estados do país, onde são recebidos por famílias-anfitriãs. Frequentam aulas em escolas locais e interagem com estudantes americanos da mesma idade em atividades sociais e culturais nas comunidades. Como jovens embaixadores, fazem apresentações sobre o Brasil.
> Pré-requisitos:
– Ter nacionalidade brasileira
– Ter entre 15 e 18 anos (candidatos deverão ter ao menos 15 anos em 08/01/2019 e não – poderão ter mais de 18 até 03/02/2019)
– Ter pouca ou nenhuma experiência anterior no exterior (caso o candidato já tenha – participado de outro intercâmbio, este não pode ter excedido 20 dias)
– Nunca ter viajado para os Estados Unidos
– Ter boa fluência oral e escrita em inglês
– Ser aluno do ensino médio na rede pública
– Pertencer à camada socioeconômica menos favorecida
– Ter excelente desempenho escolar
– Ter perfil de liderança e iniciativa
– Ser comunicativo
– Ter bons relacionamentos em casa, na escola e na comunidade
– Estar atualmente engajado em atividades de responsabilidade social/voluntariado e comprovar já ter realizado ao menos 12 meses – contínuos ou não – de voluntariado.
As inscrições podem ser feitas na página do programa no Facebook. Acesse o link de inscrições e preencha o pré-cadastro. Se aprovado no pré-cadastro, preencha o formulário de inscrição, anexe a documentação solicitada e selecione a instituição parceira mais próxima de sua residência e para onde a sua inscrição será encaminhada.
Saiba mais sobre o Programa Jovens Embaixadores, AQUI.
Fonte: Estadão

Aplicativo mostra a situação do abastecimento de água e do esgotamento sanitário em todos os municípios

Disponível para os sistemas Android e IOS, o aplicativo Atlas Água e Esgotos oferece informações sobre coleta e tratamento de esgotos, lançamento da carga orgânica em corpos d’água e sistemas produtores de água para abastecimento em todos os municípios do País.

Já é de conhecimento público que o Brasil precisa melhorar os índices de saneamento. Em se tratando de esgotos, por exemplo, apenas 39% da carga orgânica produzida é removida das mais de nove mil toneladas de esgotos gerados pela população urbana diariamente no País. A novidade, porém, é que a partir de agora um novo aplicativo desenvolvido pela Agência Nacional de Águas (ANA) vai permitir que qualquer pessoa com um dispositivo móvel, smartphone ou tablet conectado à internet, conheça em detalhes a situação da coleta e do tratamento dos esgotos, do sistema produtor de água e do manancial que abastece sua cidade. Tudo isso com apenas dois cliques em seu celular.
aplicativo Atlas Água e Esgoto é compatível com os sistemas Android e IOS e está disponível para download gratuito na Play Store e na App Store. A pesquisa pode ser iniciada pelas informações sobre esgoto ou sobre água. Para facilitar a navegação, quando o GPS do aparelho estiver ativado o app disponibiliza, a partir de um clique na guia “Visão Nacional”, a opção de acesso direto  aos dados da cidade onde o usuário se encontra. Outra funcionalidade permite o compartilhamento das informações por meio de mídias sociais, como Facebook, Instagram e WhatsApp.
Sobre a situação dos esgotos, o aplicativo apresenta dados municipais das populações atendidas com coleta e tratamento de esgotos, somente com coleta, sem nenhum dos dois serviços e por fossas sépticas, além da carga de esgotos gerada e a remanescente após o tratamento. Além disso, a ferramenta mostra qual é a capacidade de diluição do principal corpo d’água receptor de esgotos daquele município e o desenho do sistema atual de coleta e tratamento de esgotos da localidade, além das alternativas técnicas e investimentos necessários para assegurar a adequada coleta e tratamento de esgotos em cada município até 2035. Ao selecionar o município é possível ainda acessar o croqui (desenho esquemático) da situação existente e melhorias propostas para sistema de esgotamento sanitário, incluindo o caminho percorrido pelos esgotos, tratados ou não, até os corpos receptores.
“Colocar as informações na palma da mão das pessoas empodera a sociedade que pode reivindicar e mudar essa realidade. Além disso, o aplicativo tem um caráter educativo ao indicar os sistemas produtores e mananciais de abastecimento em cada município, já que provavelmente a maioria dos brasileiros não sabe de onde vem a água que consomem nas cidades” - Marcelo Cruz
Com relação ao abastecimento urbano de água, o aplicativo informa a avaliação da oferta e da demanda de água potável e a necessidade de investimentos para que cada município possa oferecer água suficiente para seus habitantes até 2025. O usuário também encontra imagens que ilustram os sistemas de abastecimento existentes e melhorias propostas pela ANA. Para o Nordeste, também está disponível o nível atual dos cerca de 500 reservatórios que a Agência Nacional de Águas monitora.
“Colocar as informações na palma da mão das pessoas empodera a sociedade que pode reivindicar e mudar essa realidade. Além disso, o aplicativo tem um caráter educativo ao indicar os sistemas produtores e mananciais de abastecimento em cada município, já que provavelmente a maioria dos brasileiros não sabe de onde vem a água que consomem nas cidades”, avalia o diretor de Planejamento de Recursos Hídricos da ANA, Marcelo Cruz.
O aplicativo também dá acesso a um Fale Conosco para que os usuários possam relatar os problemas de sua cidade à Agência Nacional de Águas. “Ao fornecer acesso rápido e consolidado às informações, facilitamos a interlocução da sociedade com os tomadores de decisão, principalmente com os municípios, que possuem a titularidade dos serviços de saneamento na maior parte do Brasil, e com os governos estaduais, titulares dos serviços em várias capitais brasileiras”, reforça Cruz.
O usuário também poderá obter informações com recorte estadual e nacional. Sobre abastecimento urbano de água, o aplicativo oferece a avaliação da oferta de água por região e os dados sobre os tipos de sistemas de abastecimento de água (isolado ou integrado) e sobre os tipos de mananciais usados para captação de água (subterrâneos, superficiais ou mistos).
O aplicativo consolida informações do Brasil inteiro produzidas nos estudos Atlas Esgoto e Atlas Abastecimento Urbano de Águas da ANA e suas informações serão atualizadas ao passo que novos estudos sejam lançados. As informações dos reservatórios são geradas em tempo real por meio do Sistema de Acompanhamento de Reservatórios (SAR) da ANA.
Informações disponíveis:  
 Esgotos:
- Carga gerada, coletada e tratada;
- Principal corpo d’água que recebe o remanescente da carga orgânica e sua capacidade de diluição;
- População atendida pelos serviços; 
- Quanto o município tem que investir para universalizar o tratamento, com diagrama das melhorias necessárias.
- Croqui (desenho esquemático) da situação existente e melhorias propostas para o sistema de esgotamento sanitário de cada sede urbana municipal, incluindo o caminho percorrido pelos esgotos, tratados ou não, até os corpos receptores.
Abastecimento:
- Prestador do Serviço, manancial de abastecimento do município, e sistema produtor de água;
- Se o manancial é suficiente ou o município precisa de uma alternativa;
- Se o sistema produtor de água é satisfatório ou precisa ser ampliado;   
- Qual a população projetada para 2025 a ser atendida.
- Croqui (desenho esquemático) do sistema produtor de água de cada sede urbana municipal.
Reservatórios:
Volume de cerca dos 530 reservatórios que a ANA monitora no Nordeste
Onde baixar:
Play Store  - para dispositivos Android
App Store  - para dispositivos IOS

Outros aplicativos disponíveis gratuitamente são o Hidro NE, com informações sobre o nível dos cerca de 500 reservatórios que a Agência monitora no Nordeste, e o App Monitor de Água, que acompanha a intensidade da seca em todo o Nordeste. Com uma escala indicada por diferentes cores, este app desenvolvido com várias instituições da região mostra no mapa do Nordeste as áreas que passam por seca e sua evolução é classificadas como fraca, moderada, grave, extrema ou excepcional. Ambos também estão disponíveis para sistemas Android e IOS.
Fonte: Agencia Nacional de Águas

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Olha essas novidades pra quem administra grupos no WhatsApp!

Oi, gente! Tem novidade na área relacionada ao WhatsApp. Adoro! Vem cá saber!
Olha só! O WABetaInfo descobriu que o app tá testando uma opção de “demissão de administradores” dos grupos do Whats. Se você administra vários grupos no app, como o da família, dos amigos, do trabalho, da balada de sexta e por aí vai, sabe que ter outra pessoa ajudando no trabalho de adm pra adicionar ou remover pessoas do grupo pode ser muito bom, né?
O problema é que pra tirá-la da administração, você precisa removê-la do grupo, o que é um pouco chato. Por isso, os novos testes trazem uma opção de “demitir” o administrador. Ou seja, ele perde o cargo, mas não sai do grupo. A novidade deve chegar tanto pra iOS quanto pra Android em breve. Mas olha que interessante: se outro administrador tentar tirar o fundador do grupo, não vai ser tão fácil assim. Isso porque o aplicativo tá testando um tipo de questionário pra que o criador do grupo mostre que realmente quer sair do grupo e não que tá sendo tirado à força.
Não tem uma data de quando as funções vão realmente chegar pra todo mundo, mas só de saber que tanto usuários de iPhone quanto Android devem recebê-la ao mesmo tempo é bem legal!
Fonte: Blog da Lu

Saiba quais documentos você já pode ter em versão digital!

Oi, gente! Nos últimos tempos, o Governo Federal tem lançado vários apps pra você ter, em formato digital, os seus documentos mais importantes diretamente no seu smartphone! Você sabe quais são eles e como fazer para aderir ao novo formato? Olha só!


CNH Digital
Anunciada no ano passado, o primeiro estado a receber a CNH Digital foi Goiás. A previsão é que até fevereiro deste ano todos os estados brasileiros já trabalhem com o app. A CNH Digital tem o mesmo valor que a CNH normal e pra se cadastrar no app, é preciso baixá-lo, fazer o cadastro no portal do Denatran, usar o PIN informado, digitar seus dados e pronto!
O app tá disponível pra Android aqui e iOS aqui.
CRVLe
O Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo Eletrônico é outro que tá chegando! O app só vai poder ser usado assim que o motorista pagar todos os tributos, multas e seguro DPVAT. A previsão é que o documento esteja disponível pra todo mundo até o fim de 2018. Com ele em mãos você não vai mais precisar se preocupar em ter esquecido o documento do carro!
e-Título
Como 2018 é ano de eleição, nada como ter o seu título de eleitor sempre à mão, né? O app permite que você vote, além de trazer informações do local de votação.
Basta preencher nome, data de nascimento, número de inscrição e nome dos pais pra ter todas as informações.
O app tá disponível pra Android aqui e iOS aqui.
CTPS Digital
Outro app disponível é o da Carteira de Trabalho Digital que te ajuda a resolver questões relacionadas à documentação empregatícia. Nele, você pode consultar seus dados e informações de contrato antigas e atuais, assim como solicitar a primeira ou segunda vias da carteira de trabalho impressa.
Baixe o app pra Android aqui e iOS aqui.
Fonte: Blog da LU

Calendário pelo Excel

Oi, gente! Vamos aproveitar que 2018 tá começando pra deixar tudo organizado ao longo do ano? Pra isso, eu quero te mostrar duas maneiras de ter sempre um calendário organizado. Você pode fazer isso tanto pelo Excel quanto no Google Agenda, que vai dar pra acessar de qualquer lugar!
Calendário pelo Excel
Pra criar um calendário pelo Excel é bem simples. Na tela inicial do programa no computador, toque em “Calendários”. Em seguida escolha a opção “Calendário para qualquer ano” e depois vá em “Criar”.
Agora, atualize o ano certo que o resto do calendário vai adequar as datas. Pronto! Agora você pode editar as cores, imagens e fonte pra deixá-lo do seu jeito.
Aí é só você começar a adicionar seus compromissos na agenda pra não perder nada!
Agora, se você quer aprender a usar o Google Agenda, é só continuar lendo a matéria no portal Missão Digital!
Fonte: Blog da LU

Facebook abre inscrições para cursos gratuitos no Brasil.

Estação Hack, centro de educação e inovação tecnológica do Facebook no Brasil, acaba de abrir inscrições para cursos gratuitos de programação e desenvolvimento de aplicativos, e preparação para o mercado de trabalho.
Serão 4.200 bolsas de estudo integrais em seis diferentes cursos oferecidos pela escola. O público-alvo e a carga horária variam de acordo com o treinamento escolhido, porém, alunos matriculados ou egressos da rede pública de ensino têm preferência para ocupar as vagas.
A seleção acontece por ordem de inscrição e não há exigência de conhecimento técnico prévio. O processo seguirá aberto para turmas ao longo de 2018.
Todos os cursos são presenciais e acontecem na sede da Estação Hack, localizada na Avenida Paulista, 1374, em São Paulo, num espaço de 1 mil m² dentro do edifício do coworking WeWork.
Conheça os cursos abaixo e saiba como se inscrever:
  • Desenvolvimento de aplicativos
    O curso ministrado pela MadCode é uma introdução à programação e ao desenvolvimento de aplicativos para equipamentos móveis. O curso ensina os preceitos básicos e, por isso, é voltado para quem ainda não teve contato com o assunto.
Carga horária: 35h (segundas, terças e quintas-feiras)
Público-alvo: alunos de 14 a 17 anos
Inscrições neste link.
  • Aprenda a Programar em um Fim de Semana
    Desenvolvido pela MasterTech, o curso trabalha conteúdos de design thinking, introdução a programação e introdução a IONIC. O curso é voltado para quem nunca teve contato com o assunto.
Carga horária: 20h (sábados e domingos)
Público-alvo: jovens de 16 a 25 anos
Inscrições neste link.
  • Academia de Programação
    O programa da MasterTech oferece uma formação generalista em programação voltada para oportunidades profissionais. Serão trabalhados conteúdos de "front end", "back end" e programação de aplicativos.
Carga horária: 120h (4 semanas)
Público-alvo: alunos que tenham concluído com sucesso o curso Aprenda a Programa em um Final de Semana
Inscrições neste link.
  • Montando sua carreira
    Fazendo uso de jogos e atividades digitais, o programa da Jr. Achievement motiva e desperta os alunos  para as carreiras CTEM (Ciência, Tecnologia, Engenharias e Matemática).
Carga horária: 3h (terças-feiras)
Público-alvo: alunos matriculados no Ensino Médio
Inscrições neste link.
  • Conectado Com o Amanhã
    O programa da Jr. Achievement possibilita aos alunos um momento de reflexão sobre seu futuro e preparação para o mercado de trabalho, oferecendo perspectivas de carreiras e informações sobre quais são as competências comportamentais desejadas no mercado de trabalho.
Carga horária: 5h (terças-feiras)
Público-alvo: alunos matriculados no Ensino Médio
Inscrições neste link.
  • Innovation Camp
    O objetivo deste programa da  Jr. Achievement é desenvolver habilidades empreendedoras e mostrar  ferramentas de trabalho, que possibilitem aos estudantes encontrarem soluções inovadoras para um desafio proposto. Durante o processo, os alunos contam com a ajuda de mentores que vão auxiliá-los durante o desenvolvimento da ideia.
Carga horária: 8h (sábados)
Público-alvo: alunos matriculados no Ensino Médio e Superior
Inscrições neste link.

A Universidade Harvard oferece um curso gratuito que fará a alegria dos amantes da arquitetura

As aulas serão disponibilizadas on-line novamente este ano pela plataforma de ensino edX, criada em uma parceria entre a instituição e o MIT.

O curso The Architectural Imagination permitirá que os estudantes aprendam os princípios fundamentais da arquitetura, do conceito acadêmico até a carreira profissional, a partir de edifícios importantes da história. São 10 módulos no total.

Universidade oferece curso de arquitetura on-line de graça

A primeira parte, por exemplo, joga luz sobre a forma e a história. As fases seguintes abordam a tecnologia, representação e o contexto. Também será possível ter acesso ao aprendizado de desenho arquitetônico e modelagens.

O programa de curso é ministrado por Antoine Picon, Erika Naginski, K. Michael Hays e Lisa Haber-Thomson, todos professores de Harvard. As aulas começam em 28 de fevereiro de 2018.

Clique aqui para se inscrever! Ressaltando: o conteúdo do curso é gratuito, mas caso o participante queira um certificado é preciso desembolsar US$ 99.

Fonte:Catraca Livre 

MEC abre Inscrições para mais de 70 cursos gratuitos on-line

O Ministério da Educação (MEC), por meio do Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (Sistec), abriu as inscrições para mais de 70 cursos gratuitos profissionalizantes que podem ser feitos à distância. São 562.500 vagas no total, distribuídas para diferentes níveis de escolaridade 


Interessados do Brasil inteiro podem se inscrever, desde que tenham mais de 15 anos. As vagas são oferecidas pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) Oferta Voluntária. Os cursos acontecem de 26 de março a 24 de agosto de 2018, totalmente on-line e com duração de 160h.

Fonte: Catraca Livre