segunda-feira, 13 de abril de 2015

SP Escola de Teatro abre vagas para seus oito Cursos Regulares

A SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, abre vagas para seus oito Cursos Regulares: Atuação, Cenografia e Figurino, Direção, Dramaturgia, Humor, Iluminação, Sonoplastia e Técnicas de Palco.

Todos os cursos são gratuitos. As vagas disponíveis são para o segundo semestre de 2015. Com duração de dois anos, os cursos têm aulas de terça a sexta-feira, nos períodos matutino (das 9h às 13h) e vespertino (das 14h30 às 18h30), e aos sábados, das 9h às 18h30, totalizando 1920 horas, divididas em quatro módulos.

As inscrições para o Processo Seletivo deverão ser feitas exclusivamente pela internet, no site do Instituto Mais, até as 17h do dia 7 de maio. Leia aqui no portal o Edital.


Para se inscrever e concorrer a uma das 53 vagas, distribuídas entre os períodos matutino e vespertino do segundo semestre de 2015, os interessados precisam ser maiores de idade (ter 18 anos completos até a data de início das atividades letivas da Escola) e possuir Ensino Médio completo. A taxa para efetuar a participação no Processo Seletivo é de R$ 51.

O candidato interessado em requerer os benefícios da redução de 50% do valor da taxa fixada, ou na isenção total de 100% do valor da taxa fixada da inscrição, deverá preencher, durante o período de 14 a 18 de abril de 2015, o requerimento de solicitação de redução ou isenção do valor da taxa de inscrição, disponível, exclusivamente, no endereço eletrônico www.institutomais.org.br.

O Processo Seletivo será realizado em dois Momentos: o Primeiro Momento, de caráter classificatório, constará de Entrevistas e uma Redação, para todos os candidatos inscritos; e o Segundo Momento, de caráter eliminatório e classificatório, será realizado por intermédio de avaliações específicas relacionadas ao curso de interesse do candidato e somente serão convocados os candidatos que obtiverem média igual ou superior a 5,0 (cinco), de acordo com o número de vagas disponíveis em cada curso.

Os editais de convocação para realização das avaliações do Primeiro Momento serão divulgados na data prevista de 15 de maio de 2015, nos endereços eletrônicos www.institutomais.org.br ewww.spescoladeteatro.org.br e nos murais da recepção da SP Escola de Teatro. Não serão prestadas informações por telefone.

Conheça um pouco sobre cada um dos cursos:

I – ATUAÇÃO 
Coordenador: Hugo Possolo 
O curso está voltado à formação de atores com ênfase no domínio e consciência da cena para que esse artista tanto dialogue com as orientações gerais da encenação, definidas pelo diretor e toda a equipe, como possa assumir a responsabilidade pelo desenvolvimento de seu processo criativo de forma independente em suas pesquisas e opções estéticas.  O curso pretende estimular a consciência da função social do artista, a capacitação de seu corpo e voz para expressão bem como para a sensibilidade crítica do ator para o mundo contemporâneo.  Trata-se de uma formação interdisciplinar com as outras artes do palco oferecidas pela Escola.

II – CENOGRAFIA E FIGURINO 
Coordenador: J. C. Serroni
O curso, por intermédio de conhecimentos básicos, capacitará os interessados em ingressar profissionalmente na área. O curso abrange também o estudo das cenografias de áreas como cinema, televisão, exposições, eventos, entre outras. As aulas teóricas e práticas são complementadas por meio de contato com diversos profissionais experientes do setor. Trata-se de uma formação interdisciplinar com as outras artes do palco oferecidas pela Escola.   

III – DIREÇÃO 
Coordenador: Rodolfo García Vázquez
O curso prepara e instrumentaliza encenadores para o fazer teatral, enfatizando a visão crítica e ampla sobre a sociedade e as possibilidades da encenação contemporânea. Este curso oferece caminhos criativos e teóricos para que os encenadores saibam lidar com todos os âmbitos da cena teatral.  Conhecimentos como a ordenação do fluxo do trabalho cênico, experimentações envolvidas no processo de criação teatral, procedimentos para o fazer criativo e a busca por uma expressão teatral singular fazem parte das propostas do curso. Estão previstos também estudos de diversas perspectivas cênicas contemporâneas. Trata-se de uma formação humanista e interdisciplinar com as outras artes do palco oferecidas pela Escola. O candidato deverá ter experiência teatral. 

IV – DRAMATURGIA 
Coordenação: Marici Salomão
Direcionado a novos dramaturgos, o curso visa estimular novas percepções de mundo e diferentes formas de construção textual. Equilibra teoria, técnica e prática, incluindo conteúdos que compõem a base de criação a outras mídias. Os textos criados pelos aprendizes são analisados em grupo e em plantões individuais, com dramaturgos especializados, e podem vir a ser publicados, lidos publicamente e/ou montados. O curso enfatiza a formação teórica e prática sobre postulados mais recentes no Brasil, como o dramaturgismo. Trata-se de uma formação interdisciplinar com as outras artes do palco oferecidas pela Escola.

V – HUMOR 
Coordenação: Raul Barretto
O curso de Humor está voltado para a formação de humoristas e comediantes, capacitando-os para a atuação cênica, desenvolvendo suas aptidões de corpo e voz para o jogo cênico. São contempladas a formulação de arquétipos, criação de personagens e a elaboração de uma dramaturgia cômica. Busca-se formar um ator com visão crítica, com ênfase no humor, que contextualize sua obra e compreenda a dimensão histórica da função social do riso. O curso estará sintonizado com o fazer e o saber teatral de seu tempo. Trata-se de uma formação interdisciplinar com as outras artes do palco oferecidas pela Escola.

VI – ILUMINAÇÃO 
Coordenação: Guilherme Bonfanti
O curso qualifica aprendizes interessados na iluminação dentro do âmbito das artes cênicas.  Um dos seus propósitos é unir tecnologia de ponta com o que existe de mais artesanal nas maneiras de utilizar a iluminação, ressaltando a criatividade do técnico-artista. O curso promove a aproximação de áreas importantes para a formação do artista da luz, em especial as artes visuais. Trata-se de uma formação interdisciplinar com as outras artes do palco oferecidas pela Escola. 

VII – SONOPLASTIA 
Coordenação: Raul Teixeira
O curso propõe a formação do aprendiz por meio de conhecimentos ligados à comunicação pelo som. O curso abrange estudos teóricos e práticos de diversos meios de produção de som, como música, ruídos ou voz. Trata-se da formação do sonoplasta com ênfase na dramaturgia sonora, teoria musical, repertório, técnicas em sonoplastia e práticas sonoras. As propostas do curso envolvem discussões sobre a música no teatro, cinema, rádio e televisão.  Trata-se de uma formação interdisciplinar com as outras artes do palco oferecidas pela Escola. 

VIII – TÉCNICAS DE PALCO (Cenotecnia) 
Coordenação: J. C. Serroni
O curso capacita aprendizes interessados na profissionalização do técnico de palco. O que seria um técnico de palco? Aquele profissional que trabalha nos bastidores do teatro, auxiliando na construção e funcionamento do espetáculo. Em um mercado de trabalho atualmente tão carente desse profissional, o técnico de palco pode ser o cenotécnico, o diretor de cena, o contrarregra, o aderecista ou o maquinista de espetáculos. A formação consiste em aulas teóricas e práticas, em ateliês e/ou oficinas. São quatro semestres com aulas presenciais, sendo que durante o terceiro e o quarto módulo o aprendiz deverá também cumprir estágio obrigatório de 480h, fora dos horários de aulas. Trata-se de uma formação interdisciplinar com as outras artes do palco oferecidas pela Escola.

Fonte:http://spescoladeteatro.org.br/
Postar um comentário