terça-feira, 30 de setembro de 2014

Eleitores brasileiros poderão votar com impressão digital em 2018

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral, a partir de 2018 todos os eleitores do país poderão ser identificados por sua impressão digital na hora de votar. A informação foi divulgada essa semana pelo Estado de S. Paulo e pelo site da Fapesp(Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), que financia o projeto.
Divulgação
O objetivo é tornar a votação mais rápida e segura
Reportagem de Clara Caldeira.
A primeira fase da implantação do sistema é o processamento dos 23 milhões de registros biométricos de eleitores já armazenados pelo TSE e deverá ser finalizada antes das eleições de outubro deste ano.
Apesar de as eleições já serem informatizadas desde 2010, com as urnas eletrônicas, o TSE possui apenas 15% das impressões digitais cadastradas, de um total de 142,4 milhões de eleitores.
Na segunda fase, o programa cuidará da certificação das impressões que serão armazenadas pelo TSE até 2016, para garantir que não estejam duplicadas ou fraudadas.
A ideia é garantir a segurança na votação, a credibilidade dos resultados e ainda acelerar o processo do voto, diminuindo filas e o tempo de espera.
Fonte: Catraca Livre
Postar um comentário