quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Museu do Café realiza oficina de relógios gratuita

A oficina terá três horas de duração e abordará a história, a teoria e a prática da montagem de relógios

divulgação
divulgação
Interessados devem fazer inscrição via e-mail; evento com vagas limitadas.

No próximo dia 26, o Museu do Café, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, realiza uma Oficina de Relógios com um dos principais nomes do ramo do estado de São Paulo, o artesão e relojoeiro Antonio Rodrigues de Lima, conhecido como Sr. Toninho. A oficina, que acontece às 14h, tem entrada Catraca Livre e aborda a história, a teoria e a prática da montagem de relógios. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail inscricao@museudocafe.org.br e são limitadas a 20 vagas.
A oficina terá três etapas. Primeiro, tratará sobre a história dos primeiros relógios que se tem conhecimento, como o relógio popular, de vela, água, entre outros materiais. Após essa introdução, serão apresentadas teorias e prática da montagem de relógios de ponteiro e, por fim, com base em tudo o que os participantes estudaram a respeito do manuseio dos equipamentos, eles montarão suas próprias peças.
Com mais de meio século de experiência, Toninho é o responsável pelos ajustes de diversos relógios em todo o estado de São Paulo, como o do Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, da Estação Júlio Prestes, em São Paulo, e do edifício da antiga Bolsa Oficial de Café, onde fica situado o Museu do Café. A reativação do relógio da torre do Museu, por exemplo, se deu graças ao seu trabalho.
Além de relojoeiro, Sr. Toninho também tem longa experiência como professor. Chegou a ministrar aulas no SENAI Santos e há mais de três anos é professor de restauração de relógios e maquetes da Prefeitura de Santos, ensinando jovens de comunidades carentes da cidade.
Postar um comentário