terça-feira, 5 de março de 2013

VEJA ALGUMAS DICAS DE COMO EVITAR A PRISÃO DE VENTRE


  • Aumentar o consumo de líquido e praticar atividade física ajudam a evitar o problema.
  • Irregularidade no horário das refeições está entre os aliados da prisão de ventre.
  • Manter um horário para ir ao banheiro e nunca ignore o estímulo de defecar.
  • titulo
  • titulo
  • titulo
Prisão de ventre ou constipação intestinal
Dicas simples podem evitar sensações desagradáveis, como cólicas, gases e inchaços no abdome.

Prisão de ventre ou constipação intestinal é a dificuldade que o ser humano apresenta em evacuar. O seu tratamento está diretamente ligado à necessidade de modificar as suas causas, dentre ela, o estresse, alimentação pobre em fibras, falta de exercício físico, baixa ingestão de água (menos que 4 copos por dia), irregularidade no horário das refeições e uso exagerado de laxativos.

Algumas vezes, devido ao intestino preso, a pele e o cabelo sofrem alterações, o hálito perde o frescor, ocorre acúmulo de gases, mal estar, o humor torna-se alterado e até o raciocínio é prejudicado.
- Inchaço da barriga;
- Cólicas;
- Fezes duras;
- Irritabilidade.

Como apontado anteriormente, a prisão de ventre pode ter muitas causas. Mas existem várias dicas simples que podem ser seguidas para ajudar a evitá-la:

- Aumente o consumo de líquidos, principalmente de água, bebendo pelo menos de 6 a 8 copos de água diariamente;

- Não fique parado, faça alguma atividade física (caminhada, bicicleta, natação), seja mais ativo em outros momentos do dia aproveitando para subir escadas, fazer uma pequena caminhada até o trabalho ou mesmo por lazer;

- Coma alimentos ricos em fibras como pão, biscoito e cereais integrais; frutas frescas tipo mamão, laranja com bagaço, ameixa, tangerina, caqui, uva com casca e verduras (agrião, alface, acelga, brócolis, espinafre, couve, abóbora, quiabo, vagem, caroço de feijão, ervilha, lentilha, farelo de trigo ou de aveia;

- Evite alimentos que “prendem o intestino”, como maçã, banana, goiaba, caju, limão, cenoura cozida, batatas, aipim, inhame, cará, creme de arroz, chá preto, refrigerantes e mate;

- Escolha o pão integral ao invés do pão branco. Utilize o farelo de trigo, acrescentando no seu almoço e jantar (1 colher de sopa cheia para cada refeição);

- Quando for preparar algo assado (pão, torta, bolo, biscoito), troque a metade da farinha por farinha de trigo integral;

- Salpique farelo de trigo ou aveia no molho de macarrão, sopas, carnes ensopadas;

- Coma mais frutas do que simplesmente sucos;

- Quer um lanche com fibras? Então coma pipoca.

Vale lembrar que se caso os sintomas persistam, procure um médico ou nutricionista.

Flatulência (excesso de gases)
Para evitar que você apresente desconforto com o excesso de gases, sugerimos que você tome alguns cuidados:

- Coma mais devagar, mastigando bem os alimentos;

- Evite falar durante as refeições;

- Se for usar alho e cebola no preparo das refeições, use-os sempre refogados e com moderação;

- Evite os alimentos que provocam gases: condimentos picantes, batata-doce, agrião, berinjela, couve-flor, couve-manteiga, repolho, mostarda, soja, caroço de feijão, ervilha seca, lentilha, aveia, ovos, vísceras (rim, coração, fígado, miolo);

- Evite refrigerantes e bebidas gasosas.

Fonte: Instituto Nacional de Câncer (INCA) por Sautil


Postar um comentário