quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Saiba o que é água de reúso e onde pode ser utilizada


Recurso é obtido por meio do tratamento dos esgotos e seu uso, além de racional, ainda gera redução de custos

A água de reúso, obtida por tratamento dos esgotos, pode ser usada nas situações que não requerem água potável, mas que seja segura sanitariamente. A medida gera redução de custos e é uma opção racional de consumo. Cada litro utilizado representa um litro de água conservada nos mananciais.

Embora tenha aparência semelhante à da água potável, a água de reúso não pode ser consumida para beber, cozinhar ou tomar banho. Seu uso é indicado como geração de energia, refrigeração de equipamentos, em processos industriais, lavagem de ruas e combate a incêndios. O recurso é vetado em piscinas ou descarga sanitária.

O assunto é tão importante que faz parte da Estratégia Global para Administração da Qualidade das Águas, proposta pela Organização das Nações Unidas (ONU), para preservação do meio ambiente. É uma maneira inteligente e capaz de assegurar que as gerações futuras tenham acesso a água potável, esse recurso tão precioso e essencial à vida.

Água de reúso: onde pode?

- Limpeza de pisos, pátios, ruas ou galerias de águas pluviais;
- Assentamento de poeira em obras de aterros e terraplanagem;
- Preparação e cura de concreto em canteiros de obra;
- Estabelecer umidade em compactação e solos;
- Desobstrução de rede de esgotos e águas pluviais;
- Combate a incêndios;
- Geração de energia e refrigeração de equipamentos em diversos processos industriais.

Onde não pode?



- Irrigação de hortas (somente sob avaliação de técnicos da Sabesp);
- Descargas de banheiro;
- Lava-rápidos (somente sob avaliação de técnicos da Sabesp);
- Piscinas, exceto para testes de estanqueidade (impermeabilização, detecção de vazamentos), desde que a área passe por desinfecção posteriormente.



Fonte: Portal do Governo do Estado
Postar um comentário