quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Cursos profissionalizantes gratuitos do PRONATEC


O PRONATEC - Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e ao Emprego, do Governo Federal, em parceria com o MEC, SENAI, SENAC, IFPE e a Secretaria de Educação do Estado, oferece cursos de qualificação profissional técnica para estudantes e trabalhadores em geral cadastrados no CadÚnico, com idade entre 16 e 59 anos, ou para solicitantes do seguro-desemprego (pela terceira vez no período de 10 anos). A duração é de 160 a 300 horas/aula. 


Em Embu das Artes, o PAT - Posto de Atendimento ao Trabalhador e o CRAS - Centro de Referencia de Assistência Social encaminharam os primeiros alunos de acordo com a quantidade de vagas. As aulas iniciaram no dia 10/7 e estão acontecendo no SENAI de Osasco para os cargos de Auxiliar Administrativo e Operador de Computador. Há ônibus gratuito que sai da Prefeitura todos os dias às 12h.

As próximas turmas começam em setembro e as inscrições já estão abertas. Os cursos disponíveis são para: almoxarife, desenhista de construção civil, desenhista mecânico, operador de forno de fundição, soldador no processo MIG/MAG, operador de telemarketing, recepcionista, entre outros.

Os interessados deverão apresentar carteira de identidade, CPF, duas fotos 3X4, comprovante de residência e comprovante de matrícula na rede estadual de ensino (caso seja estudante) e se inscrever no 
PAT, que fica localizado na rua Andronico dos Prazeres Gonçalves, 114, telefone 4704-6646 ou no CRAS mais próximo de sua residência.
Endereços do CRAS:
CRAS Centro

Rua Andronico dos Prazeres Gonçalves, 114
Telefone: 4785-3598

CRAS Dom José
Rua Ouro Preto, 481
Telefone: 4149-6604

CRAS Santa Tereza
Rua Quebec, 10
Telefone: 4244-7696


CRAS São Marcos

Rua São Carlos, 128
Telefone: 4203-2574

CRAS Vista Alegre
Rua Maceió, 10
Telefone: 4704-4158

CRAS Jardim dos Pinheiros
Rua Mirassol, 35
Telefone: 4781-3432

A ANDI – Comunicação e Direitos lança um novo espaço para estimular o debate sobre a defesa dos direitos da Criança e do Adolescente.



O blog Direitos, Infância e Agenda Pública se propõe a contribuir para qualificar a cobertura jornalística, subsidiando os profissionais e estudantes de comunicação com uma produção atenta às políticas públicas, monitoramento de notícias relacionadas a direitos humanos, pesquisas, estudos nacionais e internacionais, além da participação de fontes de informação.
Concebido como parte do projeto Jornalista Amigo da Criança (JAC), realizado pela ANDI e Petrobras desde 1997, o blog contará com participação dos jornalistas diplomados compartilhando suas experiências profissionais.
O blog também contará com o olhar atento de especialistas que trarão análises sobre os principais assuntos de grande repercussão envolvendo os eixos temáticos de atuação da ANDI: infancia-e-juventude, inclusao-e-sustentabilidade e politicas-de-comunicacao.
Conheça o projeto, acesse http://blog.andi.org.br/

Fonte: ANDI
Projeto Jornalista Amigo da Criança
Com a meta de montar uma rede de formadores de opinião comprometidos com a causa das crianças, a Fundação Abrinq, em parceria com a Agência de Notícias dos Direitos da Infância (ANDI), cria o projeto em 1996. O JAC promove, a cada ano, o reconhecimento público dos profissionais de jornalismo que se destacam na cobertura de matérias nesta área. Em 2000, a ANDI assume a coordenação e operação do projeto. No período, foram diplomados mais de 30 Jornalistas Amigos da Criança, totalizando um total de 144 profissionais engajados.

Curso gratuito de Encanador em Taboão da Serra

O Curso de Instaladores Hidráulicos, em parceria com o Instituto Neotrópico Amanco, vem sendo desenvolvido pela Sabesp desde maio de 2010 e vem trazendo benefícios aos participantes.

Isso porque o objetivo do curso é proporcionar conhecimentos para atuar como instalador hidráulico, oferecendo uma nova alternativa de fonte de geração de renda aos participantes, já que a maioria deles está em situação de vulnerabilidade social e não tem uma profissão.

O curso de Instaladores Hidraúlicos já foi realizado nos municípios de Pirapora do Bom Jesus, Itapevi e Osasco. O critério de escolha para atuação nos municípios é estabelecido conforme a Matriz de Priorização de Atuação de Projetos Socioambientais, que é constituída por indicadores sociais de cada município.

A última turma do Curso ocorreu no bairro de Jardim Nogueira, Osasco, no dia 31 de julho. Na ocasião, estiveram presentes 20 alunos que tiveram a oportunidade de receber orientações sobre montagem de instalações hidráulicas de água quente e fria, além de limpeza e confecção de reservatórios domiciliares.

Os próximos cursos acontecerão nos municípios de Carapicuíba, dia 28 de agosto e Cotia, Santana de Parnaíba, Vargem Grande Paulista, Taboão da Serra, durante o ano de 2012, por meio de parcerias com associações de bairro, Ong’s e secretarias municipais.

As inscrições podem ser feitas nas prefeituras, ONG’s e associações de bairro da cidade que estiver promovendo o evento.

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Crianças com até 5 anos ganham duas novas vacinas



A partir de sábado, Ministério da Saúde passa a oferecer a injeção contra a paralisia infantil e a dose pentavalente, que protege contra cinco doenças

A partir do próximo sábado (18), o Ministério da Saúde vai oferecer duas novas vacinas às crianças com menos de 5 anos. A pentavalente (dose 5 em 1, que protege contra difteria, tétano, coqueluche, meningite e hepatite B) e a Vacina Inativada Poliomielite (que deixa de ser em gotinha e passa a ser aplicada em injeção) entraram para o calendário básico de criança.

De acordo com o anúncio do Ministério, durante uma semana (entre 18 e 24 deste mês) será realizada uma “megacampanha em massa”. Além das novas imunizações, também serão aplicadas todas as vacinas atrasadas nas crianças.

Estarão disponíveis nesta ação todas as vacinas BCG, hepatite B, rotavírus, pneumocócica 10 valente, meningocócica C conjugada, febre amarela, tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba) e DTP (difteria, tétano e coqueluche).

Além da atualização da caderneta vacinal, as crianças menores de cinco anos – moradoras das regiões Norte, Nordeste e dos vales do Jequitinhonha e Mucuri, em Minas Gerais – receberão um suplemento de vitamina A. A medida tem como meta a superação da extrema pobreza na primeira infância.

Para a operacionalização desta campanha, serão disponibilizados cerca de R$ 18,6 milhões. Aproximadamente 34 mil postos fixos de vacinação estarão abertos, além de postos volantes. Haverá o envolvimento de 350 mil profissionais de saúde e a utilização de cerca de 42 mil veículos. O público-alvo nesta faixa etária é de 14,1 milhões de crianças.

O novo calendário fica assim:

2 meses de idade: vacina 5 em 1 e injeção contra a pólio
4 meses de idade: vacina 5 em 1 e injeção contra a pólio
6 meses de idade: vacina 5 em 1 e gotinha contra a pólio
15 meses: gotinha contra a pólio
Até completar 5 anos: Anualmente, gotinha contra a pólio


Veja o calendário completo de vacinação para menores de 5 anos, clique aqui.

Saiba o que é a vacina 5 em 1

Uma única dose, chamada de pentavalente, vai proteger contra difteria, tétano, coqueluche, haemophilus influenza tipo b e hepatite B. Atualmente, a imunização para estas doenças é oferecida em duas vacinas separadas.

“É uma medida que segue a tendência internacional de agregar em uma única aplicação a proteção contra o maior número de doenças possíveis”, afirmou Jarbas Barbosa, Secretário de Atenção à Saúde do Ministério.

“Além de fazer com que a criança receba uma picada a menos, reduzimos custos de logística e armazenamento. A economia esperada com essa alteração é de R$ 700 mil por ano.”

Outra novidade no calendário é que a proteção contra a poliomelite, também chamada de paralisia infantil, será oferecida por injeção e não só por via oral.

Fonte: IG


 

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Sites encontram as melhores ofertas para o consumidor


Compras pela internet já se tornou algo tão comum que deixou de ser uma novidade para grande parte dos consumidores. O que mais chama atenção, hoje em dia, são os inúmeros tipos de promoção e compras coletivas que existem.

Os internautas estão sempre em busca das melhores ofertas. Com o aumento da demanda de compras online, cresceu, também, o número de sites que tentam ganhar seu lugar no mercado. Mas tanta informação pode dificultar para os internautas acharem o melhor preço.
Por isso, uma boa dica são sites que fazem comparação de preços do produto de seu interesse.
Comparação de preços
BuscaPé, por exemplo, faz exatamente isso: compara preços para o consumidor. No ar desde 1999, o site está presente em outros países da América Latina, como Argentina, Chile, Colômbia, Peru e México.
Com o intuito de evitar que o consumidor perca tempo pesquisando preços em diversas lojas, o BuscaPé organiza preços e informações de produtos e serviços, facilitando, assim, as compras do internauta.
Clubes de compras e compras coletivas
Outra dica interessante é participar de compras coletivas. Mas isso tem o mesmo problema: como saber qual é a melhor oferta?
SaveMe pode te ajudar. O portal reúne em um só lugar todas as ofertas anunciadas nos sites de compra coletiva e clubes de compra. E o objetivo é o mesmo, ajudar o usuário a economizar tempo e dinheiro.

Melhor Viagem leva 2,8 mil idosos para passear


Programa da Secretaria Estadual de Turismo começa dia 27 e se estende até 30 de novembro

O Governo do Estado de São Paulo levará 2,8 mil idosos para passear neste segundo semestre por meio do programa Melhor Viagem SP, da Secretaria Estadual de Turismo. A partir do dia 27 de agosto até 30 de novembro, a cada semana, um grupo de de 200 idosos viajará aos municípios de Praia Grande, Caraguatatuba, Mogi das Cruzes e Vargem.
Para participar, é necessário fazer a inscrição pelo site da Secretaria de Turismo. As vagas são para idosos ou grupos de terceira idade organizados (em geral vinculados a ações desenvolvidas pelas prefeituras ou outras entidades). Ao se inscrever, é necessário indicar, entre outras informações, o destino (praia ou interior) e a data de interesse. 
Na primeira etapa da ação, os municípios paulistas de Cesário Lange e Campos Novos Paulistas enviarão 50 idosos cada, para colônia de férias na cidade de Vargem. Já Areiópolis enviará 50 representantes da melhor idade para Caraguatatuba. A cidade de Gabriel Monteiro completa o grupo com 50 idosos indo para Praia Grande.
O Governo de São Paulo custeia todas as diárias, que incluem pensão completa (café da manhã, almoço e jantar). Além disso, o Estado também é responsável pelas atividades de lazer e entretenimento realizadas durante as viagens. Já os municípios ou entidades ficam responsáveis pelo transporte.
Fonte: Portal do Governo do Estado

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Governo lança programa que promove a entrada de pessoas com deficiência no mercado de trabalho


Brasília – O Distrito Federal e os municípios brasileiros terão de  identificar pessoas com deficiência que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), entre 16 e 45 anos, para participar do Programa BPC Trabalho, que visa a oferecer aos beneficiários acesso a trabalho, programas de aprendizagem e qualificação profissional.
O BPC Trabalho irá intermediar a oferta e a demanda de mão de obra de pessoas com deficiência, considerando as habilidades e os interesses dos trabalhadores e incentivando autônomos, empreendedores e cooperativas por meio do acesso a microcrédito.
Os programas de qualificação serão oferecidos pela rede federal de educação profissional e em entidades nacionais de aprendizagem, tais como o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), o Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).
O programa foi lançado por meio de portaria publicada no Diário Oficial da União pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), em parceria com os ministérios da Educação, do Trabalho e Emprego, e com a Secretaria de Direitos Humanos (SDH). O BPC Trabalho integra o Plano Nacional dos Direitos da Pessoal com Deficiência – Viver sem Limite, de novembro de 2011.
De acordo com a portaria, o DF e os municípios serão os responsáveis por executar o programa. Deverão buscar e orientar beneficiários potencialmente interessados em participar, designar servidores, fazer o registro de encaminhamentos no âmbito do programa e garantir o acesso às pessoas com deficiência a serviços e benefícios.
Os recursos do programa serão do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem).
Têm acesso ao BPC, para receber um salário mínimo (R$622), pessoas comprovadamente incapacitadas para a vida independente e o trabalho – mediante avaliação do serviço social e de perícia médica do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) –  cuja renda mensal familiar per capita seja inferior a um quarto de salário mínimo (cerca de R$ 155).
Esse benefício é pago pela Previdência por meio do Sistema Único de Assistência Social (Suas), e suspenso caso a pessoa passe a ter renda maior.
Para a coordenadora da área de direitos da pessoa com deficiência do Instituto Brasileiro dos Direitos da Pessoa com Deficiência (IBDD), Priscilla Selares, apesar de a expectativa em relação ao programa ser positiva, a portaria é genérica e contraditória, pois menciona que para participar do programa a pessoa deve ter deficiência que incapacite para a vida independente e o trabalho.
De acordo com a Lei 8.742/93, que regulamenta o BPC, receberão o benefício aqueles que têm “impedimentos de longo prazo de natureza física, intelectual ou sensorial, os quais, em interação com diversas barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade com as demais pessoas”.
“A contradição está em uma medida que visa a fomentar a oferta de trabalho, mas estabelece como pré-requisito a não condição de trabalhar e de ter uma vida independente”, disse Priscilla. Segundo ela, o Programa não contempla dificuldades importantes que pessoas com deficiência enfrentam para entrar no mercado de trabalho, como a própria suspensão do BPC caso haja aumento de renda derivada do trabalho.
“Hoje, independentemente da política, o que é mais importante é ter regulamentado de forma clara a questão da suspensão. Não adianta ter a política se a pessoa não se sente segura para abrir mão do benefício. Esse aspecto faltou ser abordada de forma mais clara. A grande preocupação é essa”, explicou a coordenadora do IBDD.


Fonte: Agência Brasil

Quer Casar? Leia isso primeiro.


Procon-SP elabora Manual dos Noivos

Para precaver futuros noivos, Procon lança Manual com alertas sobre os serviços contratados no dia da festa
Apesar da celebração de tão nobres sentimentos, o casamento é também uma reunião complexa de diversas atividades comerciais. Atenta a isso, a Fundação Procon-SP lançou o Manual dos Noivos com alertas para o casal que quer ter como lembrança um dia perfeito. 

A recomendação primordial é a cautela. Os noivos devem estar cientes de que podem pesquisar a situação dos fornecedores no Cadastro de Empresas no próprio site do Procon, nos sites da Junta Comercial de São Paulo e da Receita Federal.

Dentre as dicas do Manual, alguns itens merecem observação, como de que o local religioso pode recomendar, mas não obrigar, um pacote de serviços que inclua decoração, música, bufê, foto e vídeo. Porém, o protocolo do local deve ser seguido, por isso é muito importante conhecer primeiro quais são as normas para depois contratar o tipo de serviço.

Em relação ao casamento civil, o documento é gratuito para a população de baixa renda, mas muitas pessoas não sabem que têm esse direito. 

Qualquer serviço, até mesmo o Dia da Noiva, deve ter tudo que foi acertado verbalmente registrado em contrato. Para evitar contratempos, até o dia e hora de chegada e saída da noiva no salão deve estar no papel. 

Para acessar o manual, clique aqui

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Curso gratuito de figurino para teatro


Durante todos os sábados de agosto o projeto “Cemitério de Automóveis 30 anos – Artes do Subterrâneo”, idealizado pelo dramaturgo Mario Bortolotto promove oficinas de figurino gratuitas com a atriz e figurinista Danielle Cabral. O curso é destinado a estudantes e profissionais da moda e das artes cênicas, como atores e produtores.

Divulgação
O curso é destinado a estudantes e profissionais da moda e das artes cênicas, como atores e produtores.
A oficina tem como objetivo dar aos alunos noções práticas e teóricas do processo de pesquisa, criação, concepção, elaboração e produção de figurinos para teatro. Durante o curso os participantes irão criar roupas e outras peças a partir de textos escolhidos pelo professor ou trazidos por eles mesmos. A seleção para as vagas é feita por análise dos currículos, que devem ser enviados para producao.cemiterio@gmail.com até o dia 3 de agosto.

quarta-feira, 1 de agosto de 2012


Via Rápida Emprego disponibiliza vagas para pessoas com deficiência

São 310 vagas em cursos oferecidos em 10 municípios do Estado de São Paulo
O Via Rápida Emprego oferece 310 vagas, em cursos específicos, para pessoas com deficiência nas cidades de Embu-Guaçu, Guararema, Marília, Santo André, Santos, Taubaté, Cubatão, Registro, São Paulo e Suzano. Os cursos serão realizados em parceria com a Associação para Valorização de Pessoas com Deficiência (Avape) e com a Associação de Deficientes Visuais e Amigos (Adeva). 

Via Rápida tem cursos gratuitos de capacitação

As vagas estão disponíveis nas seguintes áreas: Informática Básica; Assistente Administrativo; Operador de Caixa; Logística Básica; Assistente Administrativo; Almoxarife e Repositor de Mercadorias; Operador de Telemarketing; Garçom; Camareira e Formação em Telemarketing.  

Para participar é preciso ter idade mínima de 16 anos, ser alfabetizado e residir no Estado de São Paulo. As inscrições podem ser realizadas no site do programa. Para efetuá-la, os documentos necessários são RG e CPF. Os participantes, convocados para os cursos, recebem material didático gratuitamente e subsídio de transporte no valor de 120 reais.                          

Sobre o Via Rápida                                                              

O Via Rápida Emprego é um programa do Governo do Estado de São Paulo, coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT). Seu principal objetivo é oferecer qualificação profissional à população que está em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho ou que deseja ter seu próprio negócio.

No caso de quem está desempregado, sem seguro desemprego ou benefício previdenciário, ao participar do Via Rápido, tem direito à bolsa-auxílio mensal de 210 reais, durante o período do curso.