terça-feira, 31 de julho de 2012

Pra divulgar (Projeto "Sábado sem Barreiras" vai oferecer exames ginecológicos a mulheres com deficiência)



Inaugurado serviço de ginecologia para mulheres com deficiência




O governador Geraldo Alckmin abriu neste sábado, 28 de julho, um serviço ambulatorial especializado na assistência em saúde de mulheres com deficiência. Localizado no hospital estadual Pérola Byington, o projeto “Sábado sem Barreiras” oferece assistência em saúde ginecológica para mulheres com deficiência.


Um serviço de saúde inovador, voltado para mulheres com deficiência. Este programa é feito aos sábados, com isso, se utiliza os serviços de saúde ociosos, o que facilita para as famílias, já que o trânsito é melhor aos sábados". O governador ainda frisou que a intenção também é levar essa proposta pioneira para outros serviços de saúde do Estado.


Os atendimentos, que inicialmente serão realizados no último sábado de cada mês, das 8h às 12h, ocorrerão em um ambulatório localizado no 2º andar do hospital e contará com assistência de uma equipe multidisciplinar composta por médicos ginecologistas, enfermeiros, psicoterapeutas e psicólogos.


O projeto recebeu investimento de R$ 20 mil para a compra de equipamentos e adequação do espaço físico. Outro diferencial do projeto se deve ao fato de ser considerado “sem tempo de espera”, já que, durante o período que antecede a consulta, as pacientes poderão participar de grupos de discussões com psicólogos e psicoterapeutas sobre sexualidade e outros temas do cotidiano da pessoa com deficiência. Serão realizados dois grupos de discussões por sábado, com início às 8h e às 10h.


As pacientes vão passar por consultas médicas e fazer exames como ultrassom, mamografia e papanicolau, usando equipamentos adequados, especialmente adquiridos para atendimento a pacientes com deficiência. O atendimento será feito sempre no ultimo sábado do mês.


Agendamento prévio


Para passar pelo atendimento médico, a paciente com deficiência deve fazer agendamento prévio por telefone sempre na segunda semana do mês, às segundas, terças ou quintas-feiras, entre 10h e 12h, pelo telefone (11) 3248-8123. Serão atendidas, em média, 1.000 mulheres por ano. 


Os resultados dos exames por imagem, como ultrasonografia, serão entregues no mesmo dia da consulta. Já os resultados de outros exames mais complexos e que eventualmente não fiquem prontos na hora, poderão ser consultados via internet, serviço considerado inédito e exclusivo para estas pacientes.


Agendamento: na segunda semana de cada mês, às segundas, terças ou quintas-feiras, entre 10h e 12h, pelo telefone (11) 3248-8123.

Universalização do saneamento básico


Terça-feira, 31 de julho de 2012

Imóveis de famílias que ganham até três salários-mínimos recebem custeio do governo do estado de São Paulo para a instalação da rede de esgoto, por meio do programa Se Liga na Rede, que deve criar 192 mil conexões, beneficiando aproximadamente 800 mil pessoas.

Em oito anos, serão investidos R$ 349,5 milhões, sendo 80% dos recursos provenientes do governo do estado e os outros 20% da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).
"É um projeto para famílias que se mantêm com até três salários-mínimos. Então, até R$ 1.866, o governo vai pagar a ligação da rede de esgoto. Isso porque estávamos verificando que, aqui na Região Metropolitana de São Paulo, e também nos municípios mais pobres, são investidos bilhões em rede de esgoto, estações elevatórias, emissários, estações de tratamento e a pessoa não faz a ligação porque custa R$ 1.800", explicou o governador, Geraldo Alckmin.

A iniciativa vai incentivar famílias a ligarem seus imóveis à rede de esgoto, pois quando não existe essa conexão domiciliar, o esgoto é lançado in natura na água.

Segundo o secretário de Saneamento e Recursos Hídricos, Edson Giriboni, "quando não existe a ligação domiciliar do esgoto, todos os efluentes acabam sendo lançados diretamente nos corpos d’água. Para que os investimentos do Estado tenham eficiência, os moradores precisam se ligar na rede de coleta".

A estimativa é que sejam realizadas 76 mil ligações, na Região Metropolitana de São Paulo, 30 mil na Baixada Santista, 5 mil na Região de Campinas, e outras 79 mil em municípios do interior paulista.

O programa funciona a partir da assinatura do termo de cooperação entre a Sabesp e as prefeituras, para seleção dos espaços a serem beneficiados. Depois de formalizado o acordo, o prazo das obras varia de 8 a 12 dias.
Até 2018, a estimativa da Sabesp é universalizar os serviços de saneamento em sua área de atuação. Hoje, isso já foi feito em 143 dos 364 municípios atendidos. Para atingir a meta, e oferecer 100% de abastecimento, 100% de coleta e 100% de tratamento de esgoto, a empresa deve investir R$ 16,3 bilhões.

Fonte:Governo do Estado de São Paulo

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Curso gratuito de especialização em gestão cultural abre inscrições em agosto Curso acontece de outubro de 2012 a junho de 2013



Curso de Especialização em Gestão Cultural
Inscrições de 7 a 31 de agosto de 2012
Com preenchimento de formulário pelo site www.itaucultural.org.br/observatorio
Pelo quarto ano consecutivo, o Instituto Itaú Cultural, em parceria com a Cátedra Unesco Políticas Culturais e Cooperação da Universidade de Girona, da Espanha, oferece o Curso de Especialização em Gestão Cultural. Com módulos presenciais e virtuais, o curso, que é gratuito e acontece de outubro de 2012 a junho de 2013, tem como foco a cultura contemporânea, seus conceitos e tendências. Algumas das temáticas abordadas serão as opções internacionais da política cultural e a experiência brasileira, além da relação da cultura com conhecimento, inovação e sustentabilidade. Os interessados devem se inscrever pelo site do Instituto, do dia 7 a 31 de agosto, na página doObservatório.
A especialização contará com professores convidados da Espanha, América Latina e do Brasil. A coordenação fica por conta de Teixeira Coelho, professor titular da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) e curador do Museu de Arte de São Paulo (Masp); e Alfons Martinell, professor doutor da Cátedra de Políticas Culturais da Universidade de Girona.
O programa do curso se diferencia por apresentar uma ideia de gestão cultural não como sucessão de atos rotineiros de administração, mas como conjunto de iniciativas inovadoras e criadoras que possibilitem aos participantes o desenvolvimento de seus próprios fins culturais. O curso também se preocupa com o entendimento da gestão cultural como a capacidade de resposta no âmbito local e também em sua relação com uma sociedade global e conectada.
As 40 vagas oferecidas são voltadas para graduados em ciências humanas com experiência e vínculo atual em instituição cultural, como gestores de cultura e docentes na área. No entanto, em caráter complementar, profissionais iniciantes nessa atividade que demonstrem conhecimento e vocação pertinentes também podem se inscrever. É necessário o preenchimento de ficha de inscrição, disponível no site, além de currículo e carta de intenção (duas laudas, espaço duplo, letra 12) explicando o interesse pelo curso. A documentação exigida deverá ser enviada apenas pelos Correios – serão aceitas correspondências postadas até 3 de setembro. Os selecionados serão divulgados após o dia 20 de setembro.
Estrutura do curso
As aulas presenciais serão divididas em cinco módulos, sendo quatro realizados em dois dias de aulas cada, em período integral, nos meses de outubro, dezembro, fevereiro e abril; e um módulo, com três dias de aulas, em junho. As datas ainda podem sofrer alterações. As atividades virtuais serão desenvolvidas nos intervalos dos encontros presenciais mediante atendimento individual à distância, realizado por monitores. Como o material bibliográfico e audiovisual estará disponível em português, espanhol e inglês, é desejável conhecimento dos idiomas para acompanhamento do curso (leitura e compreensão oral). O curso conta com apoio da Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI) e terá certificado de conclusão expedido pela Universidade de Girona.

Curso de Especialização em Gestão Cultural
Inscrições de 7 a 31 de agosto de 2012
Com preenchimento de formulário pelo site www.itaucultural.org.br/observatorio
Período de realização: outubro de 2012 a junho de 2013
Vagas: 40
Gratuito

E-mail para contato e dúvidas: observatorio@itaucultural.org.br

Fonte: site Itaú Cultural

Encontros literários pelo Estado


Segunda-feira, 30 de julho de 2012

A Secretaria de Estado da Cultura abriu as inscrições para autores de livros de ficção e contadores de histórias que desejam fazer parte do programa Viagem Literária, que promove turnê de escritores conhecidos e jovens talentos pelos municípios paulistas.

Realizado desde 2008, incentiva o prazer da leitura e valoriza as 70 bibliotecas municipais que apoiam a ação promovendo encontros entre escritores e contadores de histórias com o público, além de oficinas.
Os interessados, avaliados pela equipe de produção do programa, devem compor um banco de dados e podem fazer parte da programação oficial.

Para se inscrever, basta enviar correspondência ou e-mail bibliotecaseleitura@sp.gov.br) com currículo e comprovante de atuação nessas atividades. As cartas devem ser remetidas para a Unidade de Bibliotecas e Leitura, da Secretaria de Estado da Cultura, Rua Mauá, 51, 2o andar, São Paulo (SP), CEP 01028-900.

Andréia - ação atrai novos leitores para a bilbioteca
O programa é dividido em cinco módulos mensais e envolve atividades, como encontros entre autores e público, e espaço para contar histórias.

Com cerca de 12 mil títulos, a Biblioteca Municipal Carlos Drummond de Andrade, do Município de Macatuba, recebe a iniciativa pelo quarto ano. “O Viagem Literária atraiu mais público e trouxe novos leitores da cidade e da região para nossa biblioteca”, comemora a bibliotecária, Andréia Fidelis de Freitas.

Para ela, esse contato próximo entre público e escritores incentiva o hábito da leitura. “Os autores contam sua experiência de vida, seus livros, e abrem espaço para que o público faça perguntas ou dê sugestões”, comenta.

Em Floral, evento já acontece há dois anos
Desde que o município entrou no programa, Andréia conta que o número de leitores praticamente dobrou.

“Como o encontro acontece no espaço da biblioteca, desperta o interesse das pessoas que vêm com a escola ou apenas visitar. Como Macatuba fica longe da capital paulista [Região Administrativa de Bauru], é uma oportunidade única que muitos talvez nunca teriam.”
A biblioteca municipal de Floreal, município da Região Administrativa de São José do Rio Preto, participa do programa há dois anos. “O fato de termos escritores conhecidos e com livros famosos desperta a atenção do público. Essa proximidade faz com que eles enxerguem novas possibilidades de atuação futura e se espelhem nos autores”, relata o auxiliar de bibliotecário, Manoel de Oliveira Damasceno.

Com mais de 4 mil títulos, incluindo publicações acessíveis para pessoas com deficiência e computadores para pesquisa, a biblioteca iniciou novas atividades inspiradas no Viagem Literária. “A cada 15 dias, trazemos alunos da creche para a biblioteca, para ler e também assistir a filmes relacionados com o tema do título apresentado. Além disso, depois do programa, passamos a promover mais oficinas”, conclui Damasceno.

Lei dos Bispos

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Quer aprender qualquer idioma de graça?


Fale mais... 

Quer aprender a falar uma língua estrangeira, mas não tem dinheiro? Confira nossa lista com 101 links para aprender qualquer idioma de graça. Há inglês, espanhol, francês, alemão, chinês…

Cursos para iniciantes

1. BBC Languages
Se você já fala inglês e deseja aprender outro idioma, como grego, francês, italiano, mandarim ou alemão o site BBC Language pode te ajudar. Ele oferece jogos, exercícios, vídeos, áudios e outros materiais em um curso de idiomas online gratuito.
Em um curso introdutório de 20 horas você terá acesso sem custos para aprender os fundamentos do idioma espanhol.
Esse curso, em inglês, é feito para quem nunca teve contato com o idioma mandarim chinês. Em um total de 6 horas ele apresenta, além do idioma, algumas informações sobre a cultura e sociedade chinesa.
Um total de 15 aulas introdutórias de francês estão disponíveis online gratuitamente. O conteúdo foi desenvolvido pela Universidade Carnegie Mellon e é necessário falar inglês para completar as lições.
Se você não fala inglês, mas deseja aprender, confira os materiais oferecidos pela Englishtown. O site promete que, com cinco minutos de prática por dia, você pode aprender o idioma facilmente.
Crie uma conta grátis no Busuu e aprenda alemão nos cursos com exercícios, conversação, testes e outros materiais. Além do alemão, o site também oferece cursos de inglês, turco, árabe, italiano, japonês, francês, polonês, russo e espanhol.
No Otaku Project você pode aprender a falar japonês online e de graça. Para facilitar a vida dos alunos o site disponibiliza um roteiro de estudos com introduções sobre o idioma, o alfabeto e aspectos da gramática, além de oferecer um espaço para dúvidas, sessão de livros e downloads.
Para aprender a linguagem dos sinais da língua brasileira em uma plataforma online e gratuita confira o curso de libras básico da Prime Cursos.
Se você já fala inglês e deseja aprender latim, confira um curso de introdução ao idioma com 10 horas de duração.
No site você terá acesso gratuito a exercícios, lições e testes que podem ajudá-lo a aprender espanhol.
O blog Russo em Português procura auxiliar pessoas que querem aprender russo e oferece diversos recursos online como guia para autodidatas, notícias sobre a Rússia, dicionários e mais.
Se você pensa que a língua persa é coisa do passado, está muito enganado. Atualmente ela é falada no Irã, no Afeganistão, Tajiquistão, Paquistão, Uzbequistão e, em menor escala, na Armênia, Turcomenistão, Azerbaijão e no Barein. Se você deseja saber o básico do idioma, como, por exemplo, algumas expressões do cotidiano, confira o dicionário de viagem grátis no site Aprender Línguas.
No site Learn English Online você pode conferir de graça mais de 56 lições do nível iniciante ao intermediário e dicas de pronúncia. Além disso, é possível conversar com outras pessoas que fazem o curso no fórum oferecido pelo site.
No site você tem acesso sem custos a lições de gramática, verbos, falsos cognatos, expressões idiomáticas e provérbios em italiano.
O idioma hebraico é falado por mais de 8 milhões de pessoas ao redor do mundo e é uma das línguas mais antigas do mundo. Confira o curso online gratuito oferecido pela Livemocha, faça seu cadastro e comece a aprender.
Se você já é fluente em inglês e deseja aprender a linguagem dos sinais no idioma, confira o curso gratuito no site Lifeprint.com.
O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) oferece um curso de chinês básico, em inglês, por meio de seu site OpenCourseWare.
Criado no fim da década de 1970 por Ludwig Lazarus Zamenhof, o Esperanto foi feito com o objetivo ser um idioma fácil de aprender, politicamente neutro, que pudesse transcender as divisões nacionais e promover a paz e a compreensão entre as pessoas com diferentes línguas regionais e/ou nacionais. Junte-se ao grupo de 2 milhões de pessoas que falam o idioma e aprenda o Esperanto de graça no site Livemocha.
O blog Brasileiros na Holanda oferece aulas, lições, dicas, exercícios e outros materiais online completamente gratuitos.
O híndi é um dos idiomas mais falados em todo mundo. Aprenda o idioma online e de graça no Livemocha.
Se você gosta de vikings e cultura nórdica, aprenda a falar o idioma nórdico antigo no site Old Norse for Beginners. É necessário falar inglês, pois o curso é feito nesse idioma.

Canais de Video


O canal UrgentEnglish é feito para quem quer aprender inglês de maneira rápida e prática. Ele promete prepara o aluno em um período de quatro a seis meses.
Em vídeos curtos de, em média, dois a três minutos, expressões e gírias em inglês são traduzidas para o mandarim chinês de maneira divertida e rápida.
Swahili Lessons oferece uma introdução ao idioma suaíli em lições curtas feitas em inglês.
O canal ruthnp75 oferece 60 vídeos com tutoriais para quem quer falar coreano.
O canal Curso de Latim Online oferece atualmente uma introdução ao idioma com informações sobre a língua e a cultura latina.
O canal oferece mais de 124 vídeos para quem deseja aprender italiano online e de graça.
O canal Curso de idiomas oferece mais de 146 vídeos com aulas em alemão, inglês, espanhol, tártaro, russo e mais.
Podcast
O podcast English as a Second Language oferece lições de inglês para pessoas de todo mundo com temas como viagens, relacionamento, entretenimento, negócios, etc.
O programa de voluntariado norte-americano Peace Corps oferece diversos podcasts com lições de idiomas como árabe na Jordânia, russo no Cazaquistão, francês em Mali e mandarim na China.
O site Fale chinês oferece podcasts com diversas lições para que você tenha acesso a uma introdução ao idioma.
Faça o cadastro no site, crie sua conta e aproveita as milhares de lições de alemão disponíveis no site. É necessário falar inglês.
Se você deseja aprender a falar romeno os arquivos do site Learn Romanian Magazine podem ajudá-lo. Confira os podcasts disponíveis e pratique o idioma.
Se você já fala inglês e deseja aprender o mandarim, confira mais de 45 lições em áudio completamente gratuitas feitas pela Open University.
O site FrancêsZero oferece aulas de francês por meio de podcasts e exercícios para quem deseja aprender o idioma.
O portal Lernu! oferece diversas ferramentas e cursos para quem quer aprender o idioma mundial online e de graça.
Confira aulas de italiano no podcast Learn Italian ItalianPod101.com.
Traduza a página e aproveite os podcasts oferecidos pelo site para treinar o idioma finlandês.
Da mesma série dos podcasts em italiano e alemão, confira a lista com mais de 25 lições para aprender japonês.
Se você já fala inglês e deseja aprender híndi confira os arquivos em áudio com cerca de 20 lições do idioma.
No site você pode aprender inglês e espanhol com podcasts de contos clássicos como chapeuzinho vermelho.
O jornal Folha Online disponibiliza podcasts de gramática da língua portuguesa em seu site com dicas de Thaís Nicoleti de Camargo.
Confira 10 lições de hebraico no podcast com áudios sobre temas variados como energia solar, eleições em Israel e impostos
Se sua desculpa não é dinheiro, mas sim tempo, o podcast One Minute Catalan é a solução. Ele oferece lições curtas de um minuto de espanhol.
Seja qual for o seu nível de proficiência no frânces, iniciante ou avançado, não deixe de conferir esse podcast com as notícias apresentadas de maneira acessível para os estudantes do idioma.
Confira 30 lições gratuitos de árabe no podcast ArabicPod.
O blog Russo para Brasileiros oferece aulas do idioma em formato podcast totalmente gratuito.
Para praticar o idioma, escute o podcast de notícias da BBC em espanhol.
Mais de 80 arquivos estão disponíveis gratuitamente para que você aprenda japonês por meio de exemplos de conversas do cotidiano e anime.
Livros online
Na Universia Livros você pode fazer o download de mais de 600 livros grátis em vários idiomas como espanhol e inglês
A página no Wikibooks é em inglês, mas se você já fala o idioma pode conferir diversos recursos em gaélico escocês como gramática, pronúncia, frases e mais.
A página contém um conteúdo que formam um curso de coreano, do nível básico ao intermediário, com materiais como exercícios, lições, alfabeto e história.
Com conteúdo inteiramente em português, você pode fazer um curso de japonês por meio do Wikilivros.
A página do Wikilivros oferece um curso em nível básico do idioma e dispõe diversos conteúdos.
A página dispõe 11 lições sobre a língua com ensinamentos sobre nomes, verbos, pronomes, pronúncia e muito mais.
O curso do idioma Afrikaans oferecido pelo Wikilivros oferece uma introdução e lições que vão do nível básico ao intermediário.
A página exclusiva do idioma oferece livro lições com sobre o alfabeto, verbos, pronomes, vocabulário e mais.
O contéudo de mais de 180 livros está em inglês e oferece lições gratuitas de latim e grego antigo.
A língua ídiche ou iídiche é falada principalmente em comunidades judaicas em países como Alemanha, Estados Unidos, Bélgica, França, Argentina, Brasil, Rússia e outros. Ela se desenvolveu a partir de vários outros idiomas, como alemão, polonês, eslavo, hebraico e aramaico. Sua escrita utiliza os caracteres do idioma hebraico. Se você já fala inglês e deseja descobrir mais sobre esse idioma, confira a página do Wikibooks para essa língua.
A página do Wikilivros de francês contém seis lições para que você aprenda o básico do idioma sem sair de casa e de graça.
Se você já fala alemão e deseja praticar o idioma confira os livros disponíveis no site Virtual Books com obras que vão de Shakespeare a Edgar Allan Poe.
O site acima também oferece diversos livros em italiano para que você treine sua prática na leitura em italiano.
Confira o curso de espanhol do Wikilivros e aprenda o idioma.
O curso do Wikilivros vai do básico ao avançado e disponibiliza também informações sobre a cultura.
O curso do Wikilivros de grego moderno está em desenvolvimento, mas você já pode conferir diversos conteúdos sobre vocabulário, gramática, fonologia e alfabeto.
Se você deseja conhecer um pouco mais sobre as 142 línguas usadas ou faladas no Sudão não perca a página exclusiva do wikilivros para elas.
Ferramentas para tradução
A ferramenta funciona como um tradutor online, mas funciona com um limite de 140 caracteres.
O site foi desenvolvido para viagens e além do tradutor possui um conversor de moedas, glossários e outras materiais de referência para seis idiomas diferentes.
É rápido e muito fácil de ser usado, na maioria dos idiomas também oferece uma ferramenta de áudio para que você saiba a pronúncia das palavras traduzidas.
Um dos tradutores com mais opções de idiomas, o Freelang oferece 265 dicionários bilíngües para que você traduza suas dúvidas.
O antigo tradutor Babbel Fish é a ferramenta da Microsoft para tradução online de textos e páginas da web.
Comunidades e Grupos
Já demos as dicas do site para aprender diversos idiomas, mas, além disso, você também pode aproveitar o espaço da comunidade dos usuários no site para corrigir seus exercícios, tirar dúvidas e praticar a conversação com pessoas de todo mundo.
No italki, você pode receber respostas sobre suas dúvidas, ter a sua escrita e exercícios corrigidos e se comunicar com diversas pessoas que, como você, também desejam aprender outro idioma.
Nesse site é possível participar de discussões de grupos em fóruns ou conversas com apenas uma pessoa em uma sala de bate papo.
Os fóruns disponíveis no UniLang são um ótimo local para praticar o novo idioma que você está aprendendo. O lema do site é “unindo os amantes dos idiomas”.
Junte-se a mais de 1 milhão de usuários em uma comunidade que reúne pessoas de mais de 130 países ao redor do mundo e pratique a língua aprendida com nativos do país de origem do idioma.
Conhecido como o “Facebook dos idiomas”, o Palabea permite que você coloque vídeos e áudios, grave, traduza e, claro, converse com outras pessoas.
A plataforma de comunicação online possui uma área exclusiva para que os usuários perguntem e respondam dúvidas e façam contato por meio de conversas com pessoas de todo mundo.
O site é parecido com o My Language Exchange, porém é uma plataforma do Dickinson College, nos Estados Unidos, em que os estudantes de idiomas podem ser tanto alunos quanto professores.
No site é possível criar suas próprias lições para outras pessoas ou apenas se comunicar com elas em uma comunidade normal.
Ferramentas
No Babbel é possível aprender inglês, espanhol, francês, italiano, sueco, português brasileiro e alemão. Possui mais de um milhão de usuários e um método de ensino e aprendizado diferenciados.
Não se assuste ao abrir o site. Basta passar o mouse sobre qualquer palavra em japonês para descobrir seu significado. Ele funciona com qualquer endereço eletrônico e pode ser usado em diversos navegadores.
Aproveite todas as facilidades e serviços do Skype diretamente do seu tablet da Apple.
O Byki oferece opções gratuitas e pagas e com ele é possível aprender com um método de ensino baseado em palavras do vocabulário em cartões com informações sobre as palavras.
Como o Rikai, o Lingro funciona como um tradutor de palavras em endereços eletrônicos para mais de 12 idiomas diferentes.
O ProVoc permite que você crie seus próprios cartões de palavras com graus de dificuldade diferentes.
A plataforma funciona em computadores da Apple e oferece mais de 100 mil traduções em espanhol, francês, italiano e alemão.
Aplicativos
O aplicativo da Babbel para celular ajuda você a aprender turco, inglês, espanhol, alemão e mais.
Além do alemão, o Busuu oferece versões do aplicativo para celular em inglês, francês, italiano e espanhol.
O idioma Hoocak é nativo dos povos norte-americanos e com esse aplicativo é possível aprender um pouco mais sobre a língua.
Pode acreditar, os desenvolvedores desse aplicativo querem ajudar você a aprender 50 línguas diferentes pelo celular.
Além do frânces, o aplicativo de aprendizagem de idiomas ajuda você a aprender italiano, alemão, espanhol, inglês e mandarim por meio de jogos.
Se você já fala inglês e deseja aprender espanhol ou praticar o que já sabe, confira esse aplicativo para iPad.
O aplicativo é baseado em jogos e permite que você treine mais de 20 idiomas diferentes pelo celular.
Traduza mais de 60 idiomas usando esse tradutor para celular.
Conjugue verbos em espanhol e francês pelo celular.
O Vocre usa tecnologia de reconhecimento de voz para que você traduza o que outras pessoas falam.
Neste aplicativo você pode aprender o básico do hebraico com a professora Shira Cohen Regev.
Aprenda os caracteres Hiragana do japonês com esse aplicativo.
Confira sua pronúncia em inglês americano, espanhol, francês, alemão, italiano e inglês britânico.
Fotografe objetivos do seu dia a dia e descubra a definição em inglês.
Fonte: Site Universia Brasil