quinta-feira, 5 de maio de 2011

Minha Cidade é das Artes

       No último domingo, dia 01/05/11, houve um plebiscito aqui em meu município a fim de legitimar a vocação da cidade onde moro. Para tanto, 117.000 eleitores foram as urnas para dizer sim ou não, na alteração do nome da cidade. E mais de 66 % dos eleitores optaram pela troca do nome. Passando a se chamar EMBU DAS ARTES O processo foi  rápido e muito interessante, já que pela primeira vez fizemos uma consulta pública no âmbito municipal. Pouquíssimas cidades brasileiras se valem desse direito para consultar a sociedade  civil. Temos que tomar esta ferramenta e nos apropriar dela. Fazendo valer de fato nossa democracia. Usufruirmos dela para fazer uma consulta simples, mas poderíamos abordar assuntos muito mais complexos, que nos parece de âmbito nacional mas que, acontece em nossa porta, já que o país se faz de um todo mas, os problemas não eles acontecem nos municípios. A exemplo disso acredito que cada município poderia legislar em optar pelo uso de armamento de fogo ou não pelo seu munícipe. Mas com essa troca também nos vem a responsabilidade de legitimar a cidade como tal, este sobrenome tem de sobrepujar, terá de fazer jus. Acredito que a partir de agora temos desafios, como a criação de uma escola de artes,cursos de História das Artes, um salão internacional de artes com um espaço para grades eventos estilo OCA/MAM e uma biblioteca especializada nos moldes da Biblioteca Lazar Segall ou seja, a universalização das Artes. Já que arte é uma criação humana com valores estéticos de beleza, equilíbrio, harmonia e revolta que sintetizam as suas emoções, sua história, seus sentimentos e a sua cultura. É um conjunto de procedimentos utilizados para realizar obras, e no qual aplicamos nossos conhecimentos  que se manifesta em suas diversas formas.
Postar um comentário