terça-feira, 26 de abril de 2011

Eu escolho o meus amigos assim

Defino me como sonhador que ainda crê na condição humana, na transformação social através da educação e das artes.
Loucos e santos
Oscar Wilde

Escolho meus amigos não pela pele
ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila. 
Tem que ter brilho questionador
e tonalidade inquietante. 
A mim não interessam os bons de espírito
nem os maus de hábitos. 
Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo. 
Deles não quero resposta, quero meu avesso. 
Que me tragam dúvidas e angústias
e agüentem o que há de pior em mim. 
Para isso, só sendo louco. 
Quero os santos, para que não duvidem das diferenças
e peçam perdão pelas injustiças. 
Escolho meus amigos pela alma lavada
e pela cara exposta. 
Não quero só o ombro e o colo,
quero também sua maior alegria. 
Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto. 
Meus amigos são todos assim:
metade bobeira, metade seriedade. 
Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos. 
Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade
sua fonte de aprendizagem,
mas lutam para que a fantasia não desapareça. 
Não quero amigos adultos nem chatos. 
Quero-os metade infância e outra metade velhice! 
Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto;
e velhos, para que nunca tenham pressa. 
Tenho amigos para saber quem eu sou. 
Pois os vendo loucos e santos,
bobos e sérios, crianças e velhos,
nunca me esquecerei de que "normalidade"
é uma ilusão imbecil e estéril.

domingo, 24 de abril de 2011

Paixão de Cristo

EU COMO HERODES

Sexta Feira passada voltei as raízes. Tornei -me ator graças a um espetáculo chamado a Paixão de Cristo em 1987, na época eu acabará de entrar no grupo de Jovens que até então chamava-se JUBAC - Jovens Unidos em Busca de Cristo. Mas quando assumimos a direção alteramos para , JURAL - Jovens Unidos Refletindo Amor e Liberdade, até para deixar a nossa marca .Velhos tempos. Mas tive o sabor de ver jovens que como eu lá atrás estavam muito empolgados em apresentar, é mágico mesmo. Creio que esta seja uma porta pra muitos conhecerem a arte do teatro assim como eu. Na comunidade São Pedro tive meu primeiro contato com o teatro e anos depois se tornaria minha profissão. Vou aproveitar ainda este espaço para parabenizar meu compadre Adauto pela coragem e inovação.E que se Deus quiser estaremos juntos com intuito de contribuir e o melhor levar o evangelho através do teatro.

terça-feira, 19 de abril de 2011

Todo dia é dia de Indio


Todo dia era dia de Índio, a extinção é iminente, alias ainda existe índios no Brasil? Já que a grande maioria das tribos perderam suas identidades não falam mais suas línguas não cultuam mais seus Deuses. Fico a me perguntar. Como é isso. Hoje você é dono de sua cultura , religião e costumes e amanhã você não tem mais nada. Primeiro por um erro histórico acreditam que estão nas Índias e me chamam de Índio mas meu povo é de outra Etnia Kayapó por exemplo.As vezes fico me perguntando quando será que os bons irão se juntar e defender os interesses dos bons. Me desculpem se acredito em Utopia, mas ainda é meu ramo de mato que me seguro dentro da enchente.